Lee Fields no Rio de Janeiro



"Lee Fields é o equivalente masculino de Sharon Jones: um veterano cultivador do soul, acompanhado por uma banda escolada nas nuances das dinâmicas do soul." -The Independent

Pela primeira vez no Rio de Janeiro, o astro norte-americano da soul music Lee Fields se apresentará no teatro Oi Casa Grande no próximo dia 07 de junho. O show do cantor, que vem ao Brasil com sua banda The Expressions, é mais uma realização da parceria entre Queremos! e Heineken em 2017.

Nascido em 1951, na Carolina do Norte, Elmer “Lee” Fields, é um dos mais prolíficos artistas da música negra norte-americana. Logo cedo, ganhou o apelido de Little JB, por sua semelhança física e no timbre de voz com o “soul father” James Brown. Ele poderia mesmo herdar de Brown o título de “homem que mais trabalha no show business”, já que está na ativa, sem parar, gravando e fazendo turnês, desde 1969.

Seu estilo, porém, não se restringe ao funk endiabrado de Brown. Lee também encarna, com autoridade, diversas vertentes do soul e do r&B: em suas músicas, ouvem-se ecos das melhores produções da Motown, Stax e Chess. Seu espírito colaborativo é longamente reconhecido: já tocou com artistas como o soulman Darrell Banks, o ícone da disco music Kool and The Gang e até mesmo o DJ francês Martin Solveig, com quem gravou o hit “Jealousy”, em 2011.

Em seu álbum mais recente, “Special Night”, Lee Fields refina ainda mais sua arte e canta os relacionamentos, com suas perdas e conquistas, como poucos (acompanhado, mais uma vez, pelo The Expressions). O disco, de 2016, foi lançado pela Big Crow Records, selo para o qual se mudou após três trabalhos pela Truth and Soul Records: “Emma Jean” (2014), “Faithful Man” (2012) e “My world” (2009). Os quatro álbuns formam a base do repertório de seu show, que inclui músicas como “Honey Dove”, “I’m Coming Home”, “Faithful Man” e “Special Night”. O show do dia 07 de junho será uma oportunidade única para o público carioca conhecer melhor o trabalho deste ídolo da black music, de sensibilidade e talento raros.

Classificação: 18 anos

Carregando mosaico...